O papel das famílias e da escola na formação de hábitos alimentares saudáveis de crianças escolares

Autores

  • Alcione Aguiar Souza UFMG
  • Matilde Meire Miranda Cadete Centro Universitário UNA - Belo Horizonte (MG)

DOI:

https://doi.org/10.22196/rp.v19i40.3747

Palavras-chave:

Teoria do Capital Humano. Teoria da Segmentação dos Mercados. Remuneração. Contador.

Resumo

Este estudo objetivou analisar, através de uma revisão de literatura integrativa, o papel das famílias e da escola na formação de hábitos alimentares saudáveis
de crianças escolares. A busca eletrônica foi realizada nas bases de dados LILACS e SciELO, de artigos brasileiros e publicados nos anos de 2010 a 2015, com os descritores: comportamento alimentar, educação alimentar, alimentação escolar, segurança alimentar e nutricional. De um total de 458 artigos encontrados, apenas 17 tinham os requisitos estabelecidos para compor este estudo. Também foram pesquisados Programas do Ministério do Desenvolvimento Social, Ministério da Educação e Cultura e Ministério da Saúde. Concluiu-se que a alimentação é um ato que não tem apenas o objetivo de
matar a fome, mas que oportuniza interações sociais. O indivíduo, ao realizar as suas escolhas alimentares, sofre influências psicológicas, afetivas, culturais, familiares, sociais e outras. A saúde e a segurança alimentar e nutricional, atualmente, estão em risco não só no Brasil, mas em todo o mundo, com o crescente número de crianças em situação de obesidade e sobrepeso. Nesse
contexto, a família precisa repensar suas rotinas de vida e comportamentos sociais e afetivos. A escola exerce papel essencial nesse processo de saúde alimentar.

Biografia do Autor

Alcione Aguiar Souza, UFMG

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade do Estado de Minas Gerais (2005). Especialista em Projetos Sociais Urbanos pela Universidade Federal de Minas Gerais. Mestranda em Gestão Social, Educação e Desenvolvimento Local no Centro Universitário UNA. Atualmente é servidora da Universidade Federal de Minas Gerais, lotada no Centro Pedagógico. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Ambiental, Educação Alimentar e Elaboração e Gestão de Projetos Sociais.

Matilde Meire Miranda Cadete, Centro Universitário UNA - Belo Horizonte (MG)

Possui graduação em Enfermagem Obstetricia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1976), Mestrado em Enfermagem Pediátrica pela Universidade de São Paulo
(1985) e Doutorado em Enfermagem pela Universidade de São Paulo (1994). Atualmente é docente do Mestrado profissional em Gestão Social, Educação e Desenvolvimento
Local do Centro Universitário UNA - Belo Horizonte - MG.
É Coordenadora de TCC do Curso de Especialização em Atenção Básica em Saúde da Família do Núcleo de Educação em Saúde Coletiva NESCON /ÁGORA
da Faculdade de Medicina da UFMG. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem Pediátrica e Adolescência, atuando principalmente nos seguintes temas: Cuidar Humano, Educação em Saúde, Pesquisa Qualitativa.

Publicado

2017-07-24

Edição

Seção

ARTIGOS