Interferências do BPC nas necessidades humanas dos idosos em Canoinhas – SC

Autores

  • Maria Luiza Milani Universidade Comunitária da Região de Chapecó - Unochapecó

DOI:

https://doi.org/10.22295/grifos.v25i40.3359

Palavras-chave:

FISIOTERAPIA UROGINECOLÓGICA

Resumo

O estudo trata do enfrentamento da extrema pobreza em Canoinhas/SC, mensurado pelas alterações
nas necessidades humanas básicas dos beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC),
programa de transferência de renda constitucional, direcionado aos idosos extremamente pobres.
O objetivo foi o de pesquisar as alterações nas necessidades humanas básicas dos beneficiários
idosos do BPC de Canoinhas. A pesquisa teve a compilação de dados estatísticos e conceituais,
obtidos na bibliografia e nos documentos institucionais (relatórios, pareceres técnicos, fichas de
acompanhamento), obtidos junto aos CRAS, relativos à concessão e ao monitoramento do BPC.
Também foi realizada pesquisa de campo, nas residências de 10% da população idosa beneficiária do
BPC, com 26 idosos, para conhecer in loco a realidade em que eles estão inseridos e o que foi alterado
no modo de vida de cada um após o BPC. Identificou-se que esse benefício vem contribuindo para
um estilo de vida mais saudável e, consequentemente, proporcionou melhoria na qualidade de vida
desses idosos.

Publicado

2016-09-09

Edição

Seção

Dossiê Temática Livre