DESIGN DO MÉTODO DE PESQUISA EM ECONOMIA CIRCULAR: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA DE LITERATURA

Autores

  • Edson Luis Kuzma Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
  • Simone Sehnem Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)
  • Fernando Fantoni Bencke Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)
  • Darlan Jose Roman Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)

DOI:

https://doi.org/10.22277/rgo.v13i3.4999

Palavras-chave:

Ensino Religioso

Resumo

O objetivo deste artigo é realizar uma revisão sistemática dos métodos de pesquisa que são identificados na produção do conhecimento sobre práticas de economia circular, considerando a literatura indexada nas bases de dados da Scopus, Web of Science, Science Direct, Sage, Wiley Online Library, Emerald e Proquest. Os resultados indicam a predominância de estudos teóricos e estudos de caso como principais métodos utilizados para pesquisas sobre práticas de economia circular, demonstrando a tentativa latente de consolidação do tema enquanto locus de pesquisa. O emprego de revisões teóricas e de estudos de caso são comuns em temas pouco consolidados e emergentes. Sugere-se que haja maior atenção por parte dos pesquisadores em relação aos procedimentos adotados e a sua descrição de forma apropriada nos relatos, ação necessária para que os estudos possam ser replicados ou comparados com demais achados. A fragilidade de método pode ser suprida pela utilização de métodos mais consolidados, como estudos de caso qualitativos, para os casos que o comportem, ou diversas alternativas de métodos quantitativos.

Biografia do Autor

Edson Luis Kuzma, Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC

Doutorando em Administração pela Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC (2019 - atual). Doutorando bolsista pela Capes/Prosuc. Mestre em Desenvolvimento Comunitário pela Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO (2015 - 2016). Especialista em Gestão Pública pela Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO (2016 - 2018). Bacharel em Administração pela Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO (2011 - 2014).

Simone Sehnem, Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)

Pós- Doutorado pela FGV com período de coleta de dados na Escócia e na Inglaterra (2016 à 2018). Doutorado em Administração e Turismo pela Univali/SC (2011). Mestrado em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (2007). Graduação em Agronegócios pela Universidade do Oeste de Santa Catarina - Campus de São Miguel do Oeste (2005) e graduação em Administração pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (2010). Atua como Professora e Pesquisadora na UNOESC e na UNISUL. Na Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC) no Doutorado Acadêmico em Administração e no Mestrado Profissional em Administração nos quais desenvolve estudos nas Linhas de Pesquisa Sustentabilidade, empreendedorismo e dinâmicas territoriais e Sustentabilidade e Organizações.

Fernando Fantoni Bencke, Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)

Doutor em Administração pela Universidade de Caxias do Sul em associação com a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2016), Mestre em Educação pela Universidade de Passo Fundo (2008), Licenciado em Filosofia pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2003) e Bacharel em Administração pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2002). Atua como Professor e Pesquisador da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc) no Doutorado em Administração e no Mestrado Profissional em Administração.

Darlan Jose Roman, Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)

Doutor em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (2014) com estadia de pesquisa na Hochschule Osnabrück na Alemanha. Atua como Professor Permanente nos cursos de Doutorado em Administração e Mestrado Profissional em Administração da Universidade do Oeste de Santa Catarina, onde desenvolve estudos especialmente na Linha de Pesquisa Sustentabilidade em Organizações. Possui graduação em Administração pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (2007), especialização em Gestão Estratégica de Empresas pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (2009) e mestrado em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (2011). Líder do Grupo de Pesquisa Sustentabilidade em Organizações da Unoesc.

Publicado

2020-08-03

Edição

Seção

Artigos