Educação ambiental: a interpessoalidade a partir dos rios internos do ser humano

Autores

  • Andrea Pereyra Gioria Universidade Federal do Rio Grande – FURG
  • Ionara Cristina Albani Universidade Federal do Rio Grande – FURG
  • Tamires Lopes Podewils Universidade Federal do Rio Grande – FURG

DOI:

https://doi.org/10.22196/rp.v22i0.4942

Resumo

Este artigo é resultado de um projeto de ação em Educação Ambiental que teve como objetivo geral, proporcionar à comunidade escolar, por meio da práxis, a reflexão e a reconstrução de posturas e de valores, possibilitando diferentes maneiras de compreender o lugar de pertencimento e constituindo distintas formas de relações. Como questionamento motivador, estabeleceu-se: o que está sendo feito para cuidar dos rios internos? Foi realizado com crianças da Educação Infantil e a comunidade escolar do Colégio Santa Teresinha, instituição pertencente à Congregação das Irmãs Escolares de Nossa Senhora. Observou-se, como principais resultados, a mudança de conduta com relação às ações, desenvolvendo uma compreensão social e, melhorando assim, as relações com o mundo. Ainda, o desenvolvimento de uma Educação Ambiental voltada para o progresso interpessoal do ser humano, resultou em mudanças individuais pertinentes ao bem coletivo, que refletiram de forma explícita nas relações do grupo.

Biografia do Autor

Andrea Pereyra Gioria, Universidade Federal do Rio Grande – FURG

Licenciada em Pedagogia séries Iniciais/Supervisão escolar pela UniRitter. Especialista em Psicopedagogia Institucional pela Universidade Castelo Branco. Especialista em Educação Ambiental pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - FURG.

Ionara Cristina Albani, Universidade Federal do Rio Grande – FURG

Licenciada em Pedagogia Anos Iniciais: crianças, jovens e adultos pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul – UERGS. Mestre em Educação Ambiental pela Universidade Federal do Rio Grande – FURG. Doutoranda em Educação Ambiental pela Universidade Federal de Rio Grande – FURG, com parte do doutorado realizado na Universidade Pablo de Olavide – UPO, na Espanha. Docente do curso de pós-graduação Educação Ambiental Lato Sensu da Universidade Federal do Rio Grande – FURG.

Tamires Lopes Podewils, Universidade Federal do Rio Grande – FURG

Doutora em Educação Ambiental (PPGEA/FURG). Docente do Instituto de Educação da Universidade Federal do Rio Grande – FURG, em caráter temporário. Docente do curso de Pós-Graduação em Educação Ambiental Lato Sensu (FURG/UAB).

Publicado

2019-11-21

Edição

Seção

Dossiê - Educação Ambiental na América Latina: pertencimento e reconhecimento