Gestão educacional e sua relação com a oferta de atividades curriculares complementares

Autores

  • Eduard Angelo Bendrath
  • Andreia Paula Basei Universidade Estadual de Maringá
  • Jessica Latchuk Frederico

DOI:

https://doi.org/10.22196/rp.v20i44.4041

Palavras-chave:

Integração, Avicultura, Produtores rurais, Contrato.

Resumo

A oferta de atividades paralelas ao sistema formal de ensino como mecanismo para ampliação da jornada escolar e possibilidade de melhoria da qualidade educacional já é uma realidade no atual cenário nacional. No estado do Paraná o Programa de Atividades Curriculares Complementares possibilita às escolas estaduais ofertarem atividades de contra turno em diversos eixos temáticos. Dessa forma, o objetivo desse estudo foi compreender a dinâmica dessas atividades em uma cidade de pequeno porte do estado tendo como foco de observação o papel do gestor na condução das ações. Foram coletados dados técnicos quantitativos de desenvolvimento das ações nas escolas bem como foram realizadas entrevistas semiestruturadas com os gestores das unidades pesquisadas. Os dados mostraram que há uma efetiva participação dos alunos no programa, mas que há dificuldades dos gestores em compreenderem os processos específicos da proposta, tanto em termos pedagógicos quanto administrativos.

Biografia do Autor

Eduard Angelo Bendrath

Professor Adjunto Universidade Estadual de Maringá

Andreia Paula Basei, Universidade Estadual de Maringá

Doutoranda em Educação pela UNICAMP

Professora Assistente,  Universidade Estadual de Maringá, Campus Regional do Vale do Ivaí.

Jessica Latchuk Frederico

Graduada em Educação Física UEM

Publicado

2018-09-07

Edição

Seção

ARTIGOS