Ari Jantsch: trajetória de um pequeno (ainda) agricultor à professor universitário e reflexões para a educação do campo

DOI:

https://doi.org/10.22196/rp.v17i36.3149

Resumo

A finalidade deste texto é apresentar uma sistematização biográfica de Ari Paulo Janstch (in memorian), professor da UFSC no período de 1991 a 2010, atuando na área de filosofia da educação na graduação, bem como na linha de pesquisa Trabalho e Educação no Programa de Pós-graduação em Educação da instituição, entre outras atividades. Um levantamento das produções deu início à pesquisa bibliográfica, complementada com a realização de cinco entrevistas, buscando amplitude de situações nas inter-relações pessoais e profissionais. Com a limitação de tempo e espaço para a escrita, também critério definidor, constituiu-se um grupo de cinco depoentes, entre orientador, orientado, professores da UFSC e aluna na pós-graduação. A síntese evidencia conceitos que caracterizam sua vida e produção intelectual: conhecimento e interdisciplinaridade. Para concluir, a partir do escopo da minha atuação no ensino, pesquisa e extensão, sistematizo uma breve reflexão sobre as contribuições do pensamento de Ari para o debate teórico-prático da Educação do Campo.

Downloads

Publicado

2016-04-16

Edição

Seção

ARTIGOS