O estado da arte da produção do conhecimento sobre as ações afirmativas nas universidades estaduais paulistas.

Autores

  • Emanuel Mangueira Carvalho Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
  • Silvio Sánchez Gamboa Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

DOI:

https://doi.org/10.22196/rp.v16i32.2728

Palavras-chave:

Arqueologia industrial – ferroviária. Patrimônio ferroviário. Ferrovia e urbanização.

Resumo

O presente trabalho tem o objetivo de apresentar os resultados de pesquisa sobre as políticas de ações afirmativas com destaque para a construção de um instrumento que ajudou a caracterizar e analisar as teses e as dissertações, localizadas nas bibliotecas digitais das universidades estaduais paulistas, Universidade de São Paulo - USP, Universidade Estadual de Campinas - Unicamp e Universidade Estadual Paulista “Julho de Mesquita Filho” - Unesp, que pesquisaram sobre as ações afirmativas. A pesquisa teve por objetivo responder a duas perguntas, a saber: qual a produção acadêmica da USP, da Unicamp e da Unesp sobre as ações afirmativas? Quais os assuntos pesquisados nas teses e dissertações que tratam sobre as ações afirmativas? Para isso, primeiro foi feito um estado da arte com o objetivo de identificar e caracterizar essas produções. Do total de 209 produções foram localizadas 30 dissertações e 16 teses somando 46 trabalhos sendo 18 dissertações e 7 teses da USP, 7 dissertações e 5 teses da Unicamp e 5 dissertações e 4 teses da Unesp. O instrumento, utilizado nessa análise, denominado de “Mapas Conceituais” foi construído com base no “software” WebQDA (Web Qualitative Data Analysis), tomando como eixo central o conceito de “ações afirmativas”. Com ele foi possível analisar nas teses e nas dissertações localizadas em cada instituição os mapas conceituais relacionados com o eixo central. A análise realizada pelo instrumento constatou que as teses e as dissertações contemplaram diversos conceitos relacionados diretamente com as ações afirmativas, sendo estes Conceitos: o ensino superior no tocante ao acesso, à permanência e ao êxito; as questões relativas à discriminação; os assuntos relativos ao deficiente físico; as questões de gênero, e a inclusão social

Biografia do Autor

Emanuel Mangueira Carvalho, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Mestre em Educação pela Faculdade de Educação da UNICAMP

Silvio Sánchez Gamboa, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Doutor em Educação pela UNICAMP. Professor titular em Filosofia da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

Downloads

Publicado

2015-04-07

Como Citar

MANGUEIRA CARVALHO, E.; SÁNCHEZ GAMBOA, S. O estado da arte da produção do conhecimento sobre as ações afirmativas nas universidades estaduais paulistas. Revista Pedagógica, [S. l.], v. 16, n. 32, p. 169–190, 2015. DOI: 10.22196/rp.v16i32.2728. Disponível em: http://pegasus.unochapeco.edu.br/revistas/index.php/pedagogica/article/view/2728. Acesso em: 15 jun. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS