ESTRATÉGIAS PRODUTIVAS E REPRODUÇÃO SOCIECONÔMICA DA AGRICULTURA DE PORTO VERA CRUZ, RIO GRANDE DO SUL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22295/grifos.v31i56.5709

Palavras-chave:

Desenvolvimento Rural, Sistemas Agrários, Tipologias, Agricultura Familiar, Análise Econômica.

Resumo

O artigo teve como objetivo analisar as estratégias produtivas e as possibilidades de reprodução social dos diferentes tipos de agricultores que compõem a agricultura do município de Porto Vera Cruz, RS. Como referencial teórico o artigo fez uso da Abordagem dos Sistemas Agrários, que metodologicamente se desdobra na Análise-Diagnóstico de Sistemas Agrários (ADSA). A partir da análise efetuada foi possível perceber que a história agrária local se caracteriza por ter sofrido uma ocupação tardia e desorganizada. O afastamento geográfico do município e a exiguidade do meio físico foram também aspectos que dificultaram o desenvolvimento passado e incidem sobre o desenvolvimento contemporâneo da agropecuária municipal. Atualmente, cinco tipos de agricultores conformam a agricultura porto vera-cruzense e apresentam distintas estratégias de produção. São eles o Agricultor Familiar Diversificado, Agricultor Familiar produtor de Leite, Agricultor Familiar produtor de Gado de Corte e Leite, Agricultor Familiar produtor de Suínos e Gado de Corte e o tipo Empreendedor. Em termos econômicos as quatro tipologias de agricultores familiares apresentam renda próxima ao nível de reprodução social estipulado, sendo que cada tipo apresenta problemáticas específicas que podem restringir as suas possibilidades de reprodução no futuro. No entanto, os Agricultores Familiares produtores de Leite e os produtores de Gado de Corte e Leite são aqueles que apresentam a reprodução mais ameaçada, por limitações que perpassam o tamanho dos seus estabelecimentos e a falta de sucessão familiar, respectivamente. Por fim, cabe destacar que a análise empreendida e a abordagem utilizada podem ser úteis ao planejamento e ao desenvolvimento rural.

Referências

BÁNKUTI, F. I.; CALDAS, M. M. Geographical milk redistribution in Paraná State, Brazil: Consequences of institutional and market changes. Journal of Rural Studies, v. 64, n. October, p. 63–72, 2018.

BENTO, J. A. N. et al. Dinâmica e Diferenciação de Sistemas de Produção no Semiárido Brasileiro: Agriculturas do Município de Pentecoste, Ceará. Desenvolvimento em Questão, v. 15, n. 41, p. 416–456, 21 out. 2017.

CALLEGARO, S. S.; TREVISAN, L. P. Análise-Diagnóstico da agricultura de Santa Rosa. In: SILVA NETO, B.; BASSO, D. (Eds.). . Sistemas Agrários do Rio Grande do Sul: análise e recomendações de políticas. 2a ed. Ijuí: Editora da Unijuí, 2015.

DEON, P. R. C.; AZEVEDO, L. F.; NETTO, T. A. A Produção de Grãos como Estratégia de Reprodução da Agricultura Familiar: Reflexões a partir do caso do Município de Novo Machado-RS. Desenvolvimento em Questão, v. 15, n. 38, p. 261, 2017.

DUFUMIER, M. Projetos de desenvolvimento agrícola: manual para especialistas. 3a ed. Salvador: Editora da UFBA, 2010.

FEE. Mapa Fundação de Economia e Estatística (FEE). Disponível em: <http://feedados.fee.tche.br/feedados/#!pesquisa=0>. Acesso em: 5 set. 2017.

GUANIZIROLI, C. E. Análise Diagnóstico de Sistemas Agrários. Brasília: Convênio INCRA/FAO, 1999.

IBGE. IBGE Cidades. Disponível em: <https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pa/eldorado-do-carajas/pesquisa/38/46996?localidade1=150553>. Acesso em: 29 jun. 2020.

IBGE. Censo Agropecuário 2017 - Número de estabelecimentos agropecuários com bovinos, Efetivos, Venda e Produção de leite, por direção dos trabalhos do estabelecimento agropecuário e origem da orientação técnica recebida - resultados preliminares 2017. Disponível em: <https://sidra.ibge.gov.br/Tabela/6782#notas-tabela>.

KAY, R. D.; EDWARDS, W.; DUFFY, P. Gestão de Propriedades Rurais. 7. ed. Porto Alegre: Bookman, 2014.

LIMA, A. J. P. et al. Dinâmica Agrária e Estratégias de Desenvolvimento da Agricultura: uma análise em termos de Sistemas Agrários no Município de Pinheirinho do Vale. IGepec, v. 24, n. 2, p. 213–231, 2020.

LIMA, A. J. P. DE et al. Administração da Unidade de Produção Familiar: Modalidades de Teabalho com Agricuultura. 3 ed. Ijuí: Editora da Unijuí, 2005.

LIMA, F. A. X. et al. A Reprodução Socioeconômica na Agricultura Familiar: uma análise da Pecuária Extensiva na Capela do Caravágio-RS. Redes, v. 20, n. 3, p. 94, 2016.

MARKS MACHADO, J. T. Mudanças Socioprodutivas na Pecuária Leiteira: uma leitura a partir dos ordenamentos e dispositivos institucionais, artefatos e práticas. II Workshop Estratégias de Alimentação e Abastecimentos. Anais...Porto Alegre: Anais do II Workshop Estratégias de Alimentação e Abastecimentos, 2019

MARKS MACHADO, J. T.; TONIN, J.; SILVA NETO, B. Situação e perspectivas da agricultura do município de Cerro Largo (RS): um estudo baseado na análise-diagnóstico de sistemas agrários. Anais do 11a Congresso da Sociedade Brasileira de Sistemas de Produção. Anais...Pelotas: SBPS, 2016

MAZOYER, M.; ROUDART, L. História das agriculturas no mundo: do neolítico à crise contemporânea. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2010.

MIGUEL, L. Abordagem sistêmica da unidade de produção agrícola. In: WAGNER, A. . et al. (Eds.). . Gestão e planejamento de unidades de produção agrícola. I ed. Brasilia, DF: UAB/UFRGS, 2010. p. 11–18.

MIGUEL, L. DE A. Sistemas Agrários e Desenvolvimento Rural. In: CONTERATO, M. A.; RADOMSKY, G. F. W.; SCHNEIDER, S. (Eds.). . Pesquisa em Desenvolvimento Rural: Aportes Teóricos e Proposições Metodológicas. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2014.

MIGUEL, L. DE A. Dinâmica e Diferenciação de Sistemas Agrários. 2. ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2018.

MIGUEL, L. DE A. et al. Abordagem Sistêmica e Sistemas Agrários. In: Material didático: DERAD 102. 1. ed. Porto Alegre: Curso superior Desenvolvimento Rural - PLAGEDER, 2018. p. 1–47.

NEUMANN, P. S.; FIALHO, M. A. V. Sistemas agrários: Agricultura Familiar e Sustentabilidade. 1. ed. Santa Maria: Editora da UFSM, 2009.

OLIVEIRA, A. O Padrão Tecnológico na Produção de Leite o Desenvolvimento Rural: uma análise baseada nos sitemas de produção do mnicípio de Ijuí. 2010 137 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, Ijuí 2010.

PLOEG, J. D. VAN DER. Camponeses e Impérios Alimentares. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2008.

PROCEDI, A. A Trajetória do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) no Rio Grande do Sul: Entre a Descontinuidade da Política Pública e a Capacidade de Ação dos Atores Sociais. 2019. 142 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Rural) -Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2019.

SILVA NETO, B. Sistemas Agrários e Agroecologia: a dinâmica da agricultura e as condições para uma transição agroecológica no município de Porto Xavier (RS). Revista Brasileira de Agroecologia, v. 9, n. 2, p. 15–29, 2014.

SILVA NETO, B. Agroecologia e Análise Econômica de Sistemas de Produção: Uma análise baseada no materialismo histórico e dialétic. Chapecó: Editora da UFFS, 2016a.

SILVA NETO, B. Agroecologia e Análise Econômica de Sistemas de Produção: uma abordagem baseada no materialismo histórico e dialético. Cerro Largo: Editora da UFFS, 2016b.

SILVA NETO, B.; BASSO, D. Sistemas Agrários do Rio Grande do Sul. Análise e Recomendações de Políticas. 2a ed. Ijuí: Editora da Unijuí, 2015a.

SILVA NETO, B.; BASSO, D. Sistemas Agrários do Rio Grande do Sul: análise e recomendações políticas. 2. ed. Ijuí: Editora da Unijuí, 2015b.

TONIN, J. A Agricultura de Rolador e a Concentração Produtiva: Uma Análise dos Sistemas de Produção de Leite. 2018, 152 f. Disssertação (Mestrado em Desenvolvimento Rural) Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2018.

WIVES, D. G. Funcionamento e Performance dos Sistemas de Produção da Banana na Microrregião do Litoral Norte do Rio Grande do Sul. 2008, 164 f. Disssertação (Mestrado em Desenvolvimento Rural) Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

Publicado

2021-12-17

Edição

Seção

Artigos