DETERMINANTES DA DIVERSIDADE DE GÊNERO DAS EMPRESAS DO BRICS

Autores

  • Francisca Everlene Nogueira Pessoa Universidade Federal do Ceará
  • Ana Jeniffer Rebouças Maia Universidade Federal do Ceará
  • Magali Carvalho Façanha Universidade Federal do Ceará
  • Daniel Barboza Guimarães Universidade Federal do Ceará
  • Silvia Maria Dias Pedro Rebouças Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.22277/rgo.v13i3.4961

Palavras-chave:

Qualidade na educação. Desempenho. Gestão pública.

Resumo

Considerando o crescente envolvimento das mulheres nos negócios e consequente representação feminina nas empresas, o estudo proporciona uma análise cross-national da participação feminina nas organizações, investigando a diversidade de gênero nas empresas tanto pela ótica da governança corporativa quanto pela da gestão. Com metodologia quantitativa, descritiva e documental, foram realizados testes de estatística descritiva, análise de variância, correlação de Pearson e regressão linear múltipla em uma amostra composta por 611 empresas do BRICS. Para a diversidade de gênero, variável dependente, foi considerada a participação feminina na governança corporativa, representada pelo conselho de administração, e a gestão das empresas, representada pela alta administração. As variáveis independentes consistiram nos fatores relacionados ao conselho de administração, tamanho da empresa, rentabilidade e cultura nacional, nas suas dimensões individualismo e masculinidade. Verificou-se baixa representatividade feminina nas empresas, sinalizando que as mulheres têm menor participação do que os homens na estrutura de poder das empresas e constatou-se diferenças significativas na participação feminina das empresas entre os países. Ainda, os resultados apontam a rentabilidade e a cultura nacional, representada pelo individualismo e a masculinidade, como fatores determinantes da diversidade de gênero das empresas da amostra. Assim, o trabalho põe em evidência a diversidade de gênero e contribui para a discussão acerca dos fatores determinantes da participação feminina no conselho de administração e na alta administração das empresas, fornecendo evidências empíricas da análise para países de economias emergentes.

Biografia do Autor

Francisca Everlene Nogueira Pessoa, Universidade Federal do Ceará

Mestre em Administração e Controladoria pela Universidade Federal do Ceará

Programa de Pós-Graduação em Administração e Controladoria - UFC

Ana Jeniffer Rebouças Maia, Universidade Federal do Ceará

Doutorado em andamento no Programa de Pós-graduação em Administração e Controladoria (PPAC), da
Universidade Federal do Ceará (UFC), na linha de pesquisa Contabilidade, Controladoria e Finanças (CCF).
Mestre em Administração e Controladoria (2018), pela Universidade Federal do Ceará (UFC), na linha de
pesquisa Contabilidade, Controladoria e Finanças, e graduada em Ciências Contábeis (2016) também pela
Universidade Federal do Ceará (UFC). Tem experiência em Ciências Contábeis, atuando principalmente nos
seguintes temas: Lobbying Corporativo, Reputação Corporativa, Contabilidade Financeira, Disclosure Voluntário e Governança Corporativa. 

Magali Carvalho Façanha, Universidade Federal do Ceará

Mestranda em Administração e Controladoria pela Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade da Universidade Federal do Ceará. Gerente de Controladoria Societária da empresa M. Dias Branco S.A. Indústria e Comércio de Alimentos.   Tem experiência em Ciências Contábeis, atuando principalmente nos seguintes temas: Combinação de negócios, auditoria independente e diversidade de gênero. 

Daniel Barboza Guimarães, Universidade Federal do Ceará

Doutor em Economia pela Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade da Universidade Federal do Ceará. Professor do Departamento de Administração da Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Teoria do Capital Humano e Métodos e Modelos Matemáticos, Econométricos e Estatísticos.

Silvia Maria Dias Pedro Rebouças, Universidade Federal do Ceará

Pós-Doutora em Métodos Quantitativos Aplicados à Economia e à Gestão pela Faculdade de Economia da Universidade do Algarve. Professora do Departamento de Administração da Universidade Federal do Ceará. Pesquisadora do Centro de Estatística e Aplicações da Universidade de Lisboa. Desenvolve pesquisas em análise estatística de dados, com destaque para análise multivariada e data science.

Publicado

2020-08-03

Edição

Seção

Artigos